Projeto VIVA +

Projeto VIVA +
A PAZ DE MUITOS, DEPENDE DA DIVULGAÇÃO QUE VOCÊ FAZ. DIVULGUE ESTE TRABALHO.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O ELEVADOR DO APOCALIPSE !


   VAI SUBIR  ?   OU VAI DESCER  ?




Eu sempre imaginei que ao morrer, vou me deparar com um elevador bem na minha frente, sem nenhuma indicação se ele irá subir ou "descer" e que saberei somente quando entrar e as portas se fecharem atrás de mim.  


Jesus (e até João Batista) já anunciavam o fim dos tempos já naquela época e, em razão disso, a humanidade espera apenas por um fim do mundo global, enquanto que, o que Jesus predizia não era o fim da humanidade e sim, o fim individual de cada um de nós. Isto mesmo, a nossa própria morte.


Por ficar esperando o fim do mundo, as pessoas acreditam que só deverão se "preparar" às vésperas, o que representa, para nós, um grande desperdício, como cristãos (ou simplesmente religiosos). Se a morte se antecipa, nos privando nos despedir de nossos entes (ou nós, deles), nada mais coerente que nos preparar-nos também, para que ao sair desta vida e dermos de cara com o elevador, que se diminua as chances dele tomar um rumo diferente ao que todos desejamos.

Mas como nos preparar ?

Primeiramente, para Deus, ninguém é inútil ou incapaz e todos são convocados à servir, cada qual à sua capacidade, habilidade e até mesmo à sua disponibilidade. Deus coloca diante de cada um a oportunidade de agirmos na demanda dos que precisam de nós. O que somos, as habilidades e estudos que adquirimos, o tivemos por permissão de Deus, para nos qualificar para a missão.

Todos sabemos o que é certo e errado, o que agrada e o que Deus abomina(...), tomemos então isso como propósito, não perdendo também o foco no destino desse elevador. rsr

Deus já nos deixou claro que, quem parar de aprontar e passar a fazer o que é certo, não será lembrado de nada ruim que fez. Em contra partida, se os que se comportaram, começarem à aprontar, Deus também não se lembrará de nada de bom que fizeram, como defesa no julgamento final.  (Não me recordo a citação, mas é certo que existe, eu mesmo vi). Peço aos leitores que, quem souber, favor deixar a citação no comentário.  Grato.

Portanto, ainda há tempo de alterar o destino do elevador, se pra cima ou pra baixo. A decisão ainda compete somente à nós, não percamos mais tempo.

Professor Amadeu Epifânio
Pesquisador/Psicanalista

PROJETO VIVA+
Por um Caminho + Seguro.

               





segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

GALERA DO BLOCO DA CACHAÇA !!!


ATENÇÃO REDOBRADA
COM A QUANTIDADE DE
DE BEBIDAS ALCOÓLICAS
INGERIDAS
NESTE CARNAVAL !!!
         
A FOLIA PODE SAIR PELA CULATRA !!!


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

CORRIGINDO PASSOS...




                  ...Para um Caminho + Seguro.       (A Páscoa)












CORRIGINDO PASSOS...

  


                         ...Para um Caminho + Seguro.   (A Figueira)




Veja esta e muitas outras postagens em nossa Página no Google+

https://plus.google.com/+AmadeuEpifânio



domingo, 12 de fevereiro de 2017

NOSSAS CAIXAS PRETAS II

SOMOS PELO O QUE SOMOS !


Esta é uma frase antiga que eu criei em minhas aulas de filosofia na faculdade direito (que não consegui concluir).  Somos pelo o que somos define bem a foto escolhida para esclarecer, o que na verdade  promove em nós, reações que fogem ao nosso controle e nos causa desde machucados, feridas emocionais, vários transtornos, dependências química e alcoólica, quando não, óbitos.

É o que somos por dentro que gera e mantém nossa incapacidade de nos livrar dos nossos problemas, não importando quais sejam nem sua dimensão e o quanto ele nos consome, compromete e interfere em nossas vidas, nossos planos, sonhos e relacionamentos diversos.

Conforme já havia afirmado no texto anterior sobre o mesmo tema, somos dotados de duas caixas pretas (tal como nas aeronaves).  Numa delas está sendo registrado toda forma de conhecimento que adquirimos ao longo da vida.  Na segunda caixa é registrado e guardado todas nossas experiências emocionais, de qualquer intensidade, tanto boas quanto negativas e infelizmente, para a grande maioria das pessoas, às de natureza negativa se sobrepõe às positivas em grande número.

Também já havia dito que esta caixa, das nossas experiências é vazada, de forma que seu conteúdo, muitas vezes e desde cedo, já interfere em nosso temperamento, interferindo também em nosso julgamentos e conceitos à cerca de várias situações do nosso cotidiano, em maior ou menor grau.  Este conteúdo representa o estado que estamos dentro de nós, provocado uma série de eventos absorvidos numa fase muito precoce da nossa vida (também passado despercebido) pelos nossos pais.

Este conteúdo, passado algum tempo, estabelece a condição emocional que nos tornamos por dentro, representado pela criança (em nós) que vivenciou situações que podem tê-la deixado instável de alguma forma.  Esta instabilidade interfere na forma de julgamento à cerca de muitas coisas, podendo nos deixar inseguros quando da tomada de decisões importantes e cruciais.  É uma combinação de fatores que irá determinar o grau dessa influência sobre nosso estado consciente.  Os fatores são:

a) Ambiente familiar ou pessoal
b) Ambiente social
c) Condição emocional atual
d) Tolerância diante de adversidades
e) Conteúdo constante no reprimido (caixa preta).
f)  Grau de discernimento perante as dificuldades.

Estas são as principais condições para estar ou não, submisso à influência inconsciente das lembranças infantis, que podem ter marcado sua vida lá atrás (mesmo se reconciliado).  Elas podem tanto deixá-los emocionalmente inseguros quanto mantê-los em condições de fragilidade emocional por tempo estendido e até persistente.  Por isso não se deve tratar apenas os efeitos mas principalmente a causa.

Se não consegue ser firme ou determinado em manter um trabalho, projeto ou condição profissional ou social, procure um terapeuta, para descobrir o que atrapalha e torná-lo mais forte no controle da própria vontade.  Essa influência só age quando temos dificuldade em administrar conflitos, deixando-nos instáveis ou inseguros.  Quanto mais auto controle tivermos, menor a influência.

Não perca tempo lamentando a situação;  pelo contrário, aproveite a oportunidade para se fortalecer, reforçar a capacidade de entender e aceitar o imprevisto como teste de amadurecimento.

Somos pelo o que somos, em qualquer situação.  Pense nisso.


Professor Amadeu Epifânio
Pesquisador / Psicanalista

PERSONALIDADE REATIVA COMPORTAMENTAL
Influência Pregressa em Respostas Emocionais

              

                  Corrigindo Passos para um Caminho + Seguro.